06 março 2011

bajo el signo de Saturno / sob o signo de Saturno

Nacidos bajo el signo de Saturno

Tenía trece años y mi padre me regaló Nacidos bajo el signo de Saturno. Mis ojos lo leyeron como niños atentos. Tenía trece años y en las habitaciones vacías de mi mente se instalaron los genios y los locos. Hombres arrepentidos y creadores soberbios. Misántropos y amantes que persiguen la luz de una obsesión. Y yo pensaba en la melancolía como un camino en círculos por dentro de uno mismo: un descenso constante, un ascenso continuo. No todos están locos, me decía. Tan sólo están sedientos.


Nascidos sob o signo de Saturno

Tinha treze anos quando o meu pai me ofereceu Nascidos sob o signo de Saturno. Os meus olhos leram-no como crianças atentas. Tinha treze anos e nos quartos vazios da minha mente instalaram-se os génios e os loucos. Homens arrependidos e criadores soberbos. Misantropos e amantes perseguindo a luz de uma obsessão. E eu pensava na melancolia como um caminho em círculo dentro de cada um: uma descida constante, uma ascensão contínua. Nem todos estão loucos, dizia-me. Estão apenas com sede.

(trad: alberto augusto)