01 agosto 2011

JARRY QUE RESSURGE - TÉNUE MAR DE COBALTO - EM MONTMARTE -

INANIÇÃO - DO ESPLENDOR - MERDRE -

Sob os mapas - na parede - as águas - a predilecção do branco -
Deter-me no ilícito - da vidraça - o postal ilustrado de marraquexe -
Saber que embarco - e perpetuo - os himens - a insónia do corpo -
Oaristo - inapreensível - voz que se aparta - na luz - pedra - factível? -
A lucidez antes de cair por terra - os papéis líricos - vagar no deserto -
Presságio - furtiva intempérie - inanição - do esplendor - merdre -
Jarry que ressurge - cúmplice - ténue mar de cobalto - em montmartre -

alexandre teixeira mendes